Celular, Gadgets, Geek/Nerd, etc.

Máquina de PEM portátil, se existisse eu compraria

Máquina Portátil de PEM
Antes de tudo o esclarecimento técnico, amiga Wikipédia, é com você:

“Pulso eletromagnético (PEM) é um pulso de alta energia de largo espectro que se propaga pelo espaço que gera um campo elétrico defasado de um campo magnético, cuja frente de onda pode danificar componentes eletrônicos de estado sólido inseridos no campo em questão.

Os pulsos eletromagnéticos conhecidos podem ser produzidos por fenômenos naturais (explosões solares ou explosões estelares) ou pela ação humana. Neste caso, são produzidos geralmente de forma relativamente descontrolada, como durante a explosão de armas nucleares. Alguns tipos de armas convencionais, como as bombas de pulso, também podem produzir um pulso eletromagnético de alcance reduzido, capaz de destruir equipamentos microeletrônicos sólidos, como computadores e meios de comunicação.”

Eai, entendeu o que é um PEM?

Agora imagine se existisse um aparelho portátil que você conseguiria enviar um pulso eletromagnético de pequenas proporções, não seria legal?

Se você respondeu não, com certeza você nunca teve que pegar ônibus com aquele cara legal que decide compartilhar o seu repertório de funk com o resto dos passageiros. É uma emoção indescritível, o cara simplesmente saca aquele celular Foston comprado na Santa Ifigênia ou na 25 de março, aumenta o volume no máximo e começa o “show”.

Por falar nisso eu tenho uma teoria interessante, você já percebeu que quem escuta musica alta quase sempre escuta merda?

Ou é isso ou meu gosto musical é péssimo e minha audição é super sensivel, perticularmente eu acredito na primeira hipótese.

Mas enfim, voltando ao objetivo do post, eu fico tentando entender o que leva o cara a fazer isso? será que ele pensa que está agradando, será que ele acha que as pessoas pensam coisas do tipo “Ó olha que celular dahora, tem auto-falantes, e olha que gosto musical mais apurado”…Não, as pessoas não pensam isso, dá pra ver no semblante da galera ao redor que tem que aguentar o dito cujo.

Sabe o que é pior? A coisa está piorando, hoje aconteceu duas vezes no ônibus a caminho do trabalho e sabado, pasmem, uma tiazona estava assistindo “A Favorita” com a galera no trenzão. Daqui um tempo não me assustaria em ver os caras disputando que tem o celular mais potente, ou quem gosta das piores músicas.

Tudo isto me leva a duas conclusões importantes:

Uma, eu sou ranzinza mesmo, não tem jeito.

Outra, está se aproximando cada vez mais o dia em que eu vou ter que ir até uma agência e comprar um carro.

Mas seria legal se existisse uma máquina de PEM portátil, o que eu ia queimar de celulares por ai meu amigo, ia ser lindo, se existisse algo assim eu seria um ser humano mais feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...