Atualidades, Literatura, Mundo

Quatro livros hoje

AVISO: Este post contém revelações sobre os enredos (spoilers) dos Livros.

1984, Admirável Mundo Novo, Fahrenheit 451 e Laranja Mecânica.

Estas quatro obras literárias escritas por George Orwell, Aldous Huxley, Ray Bradbury e Anthony Burgess respectivamente tem em comum o conceito de Distopia que relata uma sociedade fictícia que vive em uma “utopia negativa”.

Mas o que o conteúdo destes livros tem em comum com a maneira que vivemos nos dias de Hoje?

Basicamente temos a exploração da estupidez coletiva, o Poder na mão das elites, e o falso discurso de prosperidade. Muito além disso também pode-se citar a manipulação de informações por parte da imprensa e governo, o conceito de prole (1984), a reservas de Selvagens (índios) para mantê-los longe da civilização, a fuga da realidade através de drogas químicas, cinema, manipulação dos esportes, criação de aberrações geneticamente manipuladas, a banalização do sexo (Admirável Mundo Novo) a ultraviolência (Laranja Mecânica) o desejo sufocante por televisão, o culto à idiotice (Fahrenheit 451).

Vemos todos os dias uma echurrada de notícias, matérias, especiais, boatos, fofocas relacionados a todos estes temas que chocam a sociedade e dividem a opinião pública, tá ai uma coisa que nenhum dos escritores supra citados pode conceber: Muito do que eles idealizaram, nos dias de hoje se tornou banal, comum, até motivo de piada.

Veja os escândalos de corrupção na política, o crescimento galopante da violência e da miséria, enquanto segue a todo vapor a difusão do lixo televisivo que nos é “empurrado” agora em versão Digital para que não perdamos nenhum lance daquele jogo medíocre ou daquela(s) novela(s) que usam e abusam da apologia à prostituição, traição etc, etc, etc…nos fazendo pensar que somos importantes, que somos celebridades enquanto nos puxam o tapete com taxas absurdas e impostos cada vez mais altos.

Estamos gradativamente parindo nossa Distopia, formada pelo Amalgama de tudo o que existe de pior em todas estas obras e o pior, sem a perspectiva de nem ao menos uma leve brisa dos “Ventos mudança” para melhor.

Não, não estou revoltado com a vida, só quero te mostrar que nem tudo são flores.

“…Boa Noite e Boa Sorte…”
Edward R. Morrow

Comentário depois de ter escrito o Post:

Estes livros são muito bons, mas se você não quer ter um monte de ideias subversivas, nem levantar questões pertinentes à respeito do que acontece na sociedade atual, então não os leia, dê preferência para o bom e Velho Domingão do Faustão, ou até mesmo a “Lucianta” Gimenez e outras máquinas que vão deixar sua mente limpinha!

Digg! Adicionar artigo ao Eu Curti

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...